// Street Comments

“Okay e o que é que estas pessoas têm de especial? Todos os visuais são banais... Surpreende-me que não se tenha noção do ridículo (...)”
“Não sei qual a intenção destas fotos, se provocar o pânico ou o medo. Portugal é um país que se encontra em último quanto a tendências de rua. Talvez por todos os blogs não serem de uma pessoa ligada à moda ou por não encontrarem pessoas mais interessantes na rua. Mas realmente não percebo a intenção de fotografar a Margarida dentro da barraca, a Amélia a ir para a praça e as Vanessas com roupas que não melhoram em nada o seu corpo.”

(estes comentários não foram publicados na totalidade para proteger as pessoas que fotografamos na rua)




Antes de mais, queremos agradecer a todos os leitores que têm colaborado connosco, mas não podemos deixar de responder também a dois comentários específicos aos posts de Street, para esclarecer dúvidas e não deixar mal-entendidos passarem despercebidos a todos quantos vêem o nosso blog.
Para além de todos os modelos de passerelle, imagens de campanhas publicitárias de marcas com pessoas lindíssimas e com um styling irrepreensível que o blog publica, há a necessidade de fotografar pessoas reais, aquelas com que nos cruzamos todos os dias na rua, quer estejam lindas de morrer, quer sejam apenas cidadãos comuns vestidos de acordo com o seu gosto pessoal. Isto porque a moda, para além das colecções que vemos nas semanas de moda, na TV e nas revistas, é sobretudo aquilo que as pessoas vestem, é a maneira como cada um conjuga as peças, independentemente das razões ou influências por detrás de tudo isso. A moda pode, deve ser e é “a moda de cada um”.
Há uma parte da moda que nasce na rua, que sai para a rua, que se reflecte na rua e que achamos essencial mostrar, quer seja ou não consensual para todos os leitores. E é isso que é, exactamente, o Street: expôr tendências nas suas manifestações reais.
Quanto a Portugal ser o último a nível de tendências de rua, bem, também somos dos últimos da Europa a nível económico e não é por isso que deixamos de tentar, todos os dias, melhorar o panorama, pois não?
Obrigado, de qualquer forma, pela participação.
Black is Back



8 comments:

Pedro Rivotti Appleton said...

Graças a Deus que Portugal é o último a nível de tendências de rua. Para quem não se lembra, o Street Wear é uma daquelas coisas que a América vomitou para o Mundo como quem dá à luz o Menino Jesus.
O que Portugal se está a tornar é no primeiro a nível se fazer passear na street, isto é, cada vez mais vemos pessoas muito bem vestidas e produzidas (em todos os géneros), nas ruas deste País! Isto sim é o Panorama e para isso sim, e com todo o mérito pela tentativa (sempre mais conseguida a cada dia que passa), nos serve e bem o Black-is-Back. Obrigado.

Anonymous said...

Acompanho o blog há algum tempo mas nunca senti necessidade de comentar. Ironicamente, aquilo que mais gosto de ver é o que se passa em termos de street fashion no nosso país. Infelizmente não há muitos blogs portugueses dedicados ao tema, pelo que é sempre agradável encontrar algum :)

Parece-me bastante óbvio que quem fez esses comentários depreciativos é um caso típico de pessoas que não sabem ter uma mentalidade aberta. Sim, porque em qualquer blog de street fashion, as pessoas fotografadas sao 'Amélias que vão para a praça', não são só modelos profissionais ali fotografados para parecer casual.

É por esse tipo de opiniões que se torna muito mais difícil lançar Portugal seja no que for. Porque, ironicamente, há-de aparecer sempre um português a achar que não conseguimos.

Continuem o bom trabalho que fazem ao construir este blog.

Obrigada :)

Pat said...

Bom trabalho e esqueçam esses comentários ridículos! Eu adoro o vosso blog...

A. said...

eu pessoalmente prefiro ver como as pessoas estão vestidas na rua do que nos manequins nas montras das lojas (ultimamente acho que as marcas expõem coordenados todos idênticos...), ou altas produções em revistas/Internet.
mostrar pessoas no seu dia-a-dia, que dão o seu toque pessoal ao look, é uma forma de estimular os "cinzentinhos". para mim, a forma de vestir é uma forma de exteriorizar a criatividade ; )

Thought provoking said...

A moda Hoje é a liberdade de conjugar a tshirt da Zara, as calças da feira da ladra, os tenis da Stella MacCartney, a mala personalizada por nós, mas a moda é sempre a liberdade de sair à rua com atitude! ;) por isso estes comentários são assim meio que... "closed mind".
;)continuem a dar-nos esses "bébes" das trends!

Ana Romero Monteiro said...

Não conheço nada realmente interessante que seja consensual, se o fosse seria simplesmente...desinteressante! Além disso, fazer bem alguma coisa normalmente irrita muita gente... Parabéns pelo bom trabalho! ***

senIAngel said...

Eu sou viciada em blogs que divulgam a moda de rua, são muito mais interessantes que blogs sobre revistas e produções de moda. Tenho pena que não exista nenhum blog activo com fotos de portugueses estilosos! Sim, porque cada vez mais se vê gente vestida de forma original e interessante na rua. Por isso, mais street wear por favor!

Polkadotsdoll said...

Felizmente encontro.me a estudar na area de design de moda e creio que a moda é feita pela base de cada pessoa,acabando por ser isso uma forma muito pessoal e própria de nos sentirmos bem connosco e para com os outros. Creio que seria uma robotização cairmos numa sociedade em que todos vestimos e pensamos igual...a forma de expressão além de ser feita verbalmente pode ser feita de mil maneiras, acredito que o vestuário nas suas mais variadas formas seja uma delas.
è interessante ver que existem pessoas que se preocupam com o trabalho de pesquisas de tendências e estilos de rua, não só a nivel de grandes marcas e designers, mas também apostarem em estilos de rua que vão desde o mais variado até ao intimo pormenor, nem mesmo que seja a vizinha do lado, como a senhora da loja de fruta por baixo da nossa casa...
è de salientar que embora não seja habito meu comentar o blog, sou uma leitora assidua do mesmo, não só pela variedade de artigos, como pelo meu interesse na area^^
Estão de parabéns pelo magnifico trabalho que desenvolvem em cada post, todos me captam a minha atenção pelas mais variadas razões, mas acima de tudo é sempre agradavél manter.me actualizada.
um abraço e continuem com o magnifico trabalho

(ines mendes)